23 mar, 2020
234

O Grupo Mercúrio está acompanhando diariamente cada uma das orientações que estão sendo repassadas pelos órgãos oficiais a respeito do coronavírus (COVID-19).

Neste momento, algumas dúvidas precisam ser esclarecidas para que as tomadas de decisões sejam as mais assertivas possíveis em seu Condomínio. Esse período turbulento nos traz diversas incertezas, mas estamos trabalhando sério e de forma intensa para que o impacto negativo seja o menor possível.

Devido aos inúmeros questionamentos, estamos aqui para esclarecer sobre uma das principais dúvidas que estão surgindo: O vencimento do boleto da taxa de condomínio será prorrogado?

Vale lembrar que o condomínio é composto pela união dos moradores que apenas dividem o rateio das despesas comuns e essenciais. Salienta-se que é por Assembleia Geral que a vontade da coletividade se manifeste, e, neste ato,  é que se definem o valor da taxa condominial e a previsão orçamentária.

Muitos vêm utilizando o argumento de que, principalmente, os bancos estão prorrogando os pagamentos das dívidas. Entretanto, tais instituições possuem finalidades lucrativas e condições financeiras de suportar o período de prorrogação do vencimento dos boletos sem prejuízo em suas atividades, diferentemente dos condomínios, que se mantém com a arrecadação mensal.

É evidente que há grande preocupação de todos com a proliferação da doença e que surgiu a necessidade da sociedade se adaptar a uma série de circunstâncias para preservar a saúde.

Por outro lado, mesmo que sensibilizados pelo problema que nos aflige, o condomínio não pode parar! Porteiros, faxineiras e outros colaboradores necessitam receber seus salários, os edifícios deterioram, vazamentos e manutenções não esperam. Sem contar os serviços básicos (água, luz, gás, limpeza, segurança e portaria) que necessitam ser fornecidos.

Portanto, entendemos a situação caótica pela qual o mundo está passando, porém, temos que unir esforços para continuar honrando o pagamento da taxa condominial na data combinada, visto que, se não ocorrer, certamente haverá um enorme prejuízo no pagamento dos compromissos já assumidos pelo condomínio, bem como afetará a manutenção de toda a estrutura do residencial.

Por fim, assim tão logo que possível e caso necessário, recomendamos aos síndicos que seja convocado uma Assembleia Geral para discutir assuntos referentes aos reflexos da crise.

Contamos com a colaboração e compreensão de todos.

Posts Relacionados

Primeiro, selecione um ou mais serviços em que deseja a proposta...

Proposta
Checkboxes *

...agora preencha os campos abaixo e em breve nossa equipe entrará em contato.

Primeiro, selecione um ou mais serviços em que deseja a proposta...

Proposta Administração de Condomínios
Checkboxes *

...agora preencha os campos abaixo e em breve nossa equipe entrará em contato.