22 abr, 2020
301

Em tempos de quarentena, a rotina pode virar pernas para o ar. E nos condomínios não é diferente. Quais cuidados tomar e como proceder neste período de isolamento? Separamos algumas dicas que servem para condomínios de prédios e de casas:

ATIVIDADES PARA AS CRIANÇAS
Mesmo nesse momento de isolamento social, existem muitas atividades que podem ser praticadas com as crianças para mantê-las entretidas e ainda trabalhar o desenvolvimento cognitivo. Separamos algumas opções divertidas e didáticas para esses dias em casa:

  • Dobradura: separe algumas folhas de papel, pesquise no Google algumas ideias legais de dobradura, faça as primeiras junto com a criança e depois deixe ela mandar ver! Essa prática ajuda na coordenação motora e cognitiva.
  • Jogo das sílabas: prepare vários pedacinhos de papel com sílabas diferentes. A brincadeira é formar palavras com elas. O jogo pode ficar mais desafiador se em cada rodada se separar aleatoriamente apenas uma parte dos papeizinhos para ser usada.
  • Teatro de sombras: escolham juntos uma história bem legal de se contar e recortem folhas de papel que representem os personagens. Colem as folhas em palitos, preparem um ambiente escuro com apenas um foco de luz e pronto.

CONVÍVIO NO CONDOMÍNIO
O nosso contato nessa quarentena, além de estar com a família, são os nossos vizinhos. Por isso, manter uma boa relação é a melhor prática nesses tempos:

  • Além de manter a boa educação, é possível ajudá-los diariamente com segurança.
  • Caso veja que pessoas do grupo de risco precisam de algo, não exite em ajudar. Porém, não esqueça de seguir as medidas de segurança recomendadas pela Organização Mundial da Saúde.
  • Você também pode colaborar seguindo as regras do condomínio, principalmente as relacionadas a sons e barulhos.

RECOMENDAÇÕES PARA PETS
Assim como nós, os nossos bichinhos também precisam de um tempo para andar ao ar livre, passear e gastar as energias. É fundamental que algumas medidas sejam tomadas, principalmente nos condomínios:

  • Nunca deixe de usar coleiras. Algumas pessoas têm medo e também é uma medida de segurança.
  • É normal que eles façam suas necessidades em lugares inapropriados para “marcar território”. Por isso, tenha sempre em mãos sacos para recolher.
  • Evite fazer muito barulho ao passear com eles. Além de não agredir a audição do bichinho, você não atrapalha a rotina dos seus vizinhos.

O bem-estar coletivo deve prevalecer sempre, mas depende da cooperação de todos!